BLOG

Leitor, vá de crawl!

18th novembro , 2017

Quando se trata de riquezas dos países, muito se fala em indústria pesada, bens de consumo, matéria-prima e uma gama de cálculos nos é apresentada. Sim, esses são indicadores fundamentais, mas, para o cidadão comum, pouco percebidos. Eu prefiro chamar atenção para algo muito mais realista e prático: o varejo, uma força motriz pouco explorada.

Estamos num momento em que lojas deixaram de ser espaços para suprir necessidades práticas e estão cada vez mais sendo lugares que oferecem uma experiência. Eu não sei você, mas experimenta entrar em uma loja de materiais de limpeza e dar de cara com uma parede com centenas de baldes coloridos, vassouras de diferentes tipos e apetrechos desenvolvidos baseados nos princípios do design. O que estamos olhando é uma cartela de cores, lúdica, em que encontramos funcionalidade. Por que o funcional não pode ser divertido?

Muitas empresas entenderam isso, como a rede de lojas de atacado que abastece milhares de escritórios Brasil afora. Impossível sair de lá apenas segurando um maço de envelopes brancos.

Essa força que o varejo tem precisa cada vez mais ser levada em consideração, na oferta de produtos que atendam, de fato, ao seu cliente ou àquele que ainda não é e, por isso, precisa de inovação. Para fazer um adendo, inovar é fazer a mesma coisa de maneira diferente, é perceber comportamentos e praticar mudanças, é estar afinado com seu negócio a ponto de não deixar que ele adoeça.

Neste momento em que o país volta a crescer, dê um tempo para si e para seu negócio e tente observar a concorrência, mas também quem não é concorrência e faz algo de maneira diferente, ousada e afinada com a mentalidade da nova onda que precisamos surfar. Tomando emprestado o famoso mantra da personagem Dory, de Procurando Nemo, sucesso de 2003 do cinema para crianças e adultos:

“Quando as coisas estão difíceis, qual é a solução? Continue a nadar! Continue a nadar! Continue a nadar, nadar, nadar! Para achar a solução, nadar, nadar!”

Leitor, vá de crawl!

 

Data da publicação: 30 de julho de 2017
Fonte: http://revistavarejosa.com.br/colunistas/leitor-vai-de-crawl/