CONSULTORIA E PESQUISA

Apresentação

A Antropologia do Consumo busca fazer a ponte entre as pessoas e o mundo dos negócios. Procura-se entender e traduzir o que é valor (utilidade e significado) para as pessoas e como isto dialoga com as marcas, produtos e empresas. Dessa forma, construímos um novo conceito do “fazer antropológico”, que se apresenta agora ao mundo corporativo no Brasil. Essa nova abordagem reúne um olhar voltado para a empatia, unindo técnicas de pesquisa qualitativa que agregam criatividade no fazer, no explorar e no interpretar que estimulam a inventividade de profissionais e empresas. É válido frisar que todo trabalho é feito com grande rigor ético e analítico, garantindo a entrega de insights palpáveis e aplicáveis. A base está no conhecimento e a resposta está nas pessoas. É preciso conhecê-las.

Através do desenvolvimento de estudos qualitativos com background antropológico: trabalho de campo (etnografias, home visit, ponto de venda, invasão de cenários e eventos), entrevistas em profundidade e exploratórias, moderação de grupos focais ou análise de grupos de discussão, observação participante ou direta, cliente oculto, entre outros métodos. A proposta é fazer um trabalho mais cuidadoso, com mais critério e propósito. Não é uma simples pesquisa de mercado tradicional lotada de vícios e caixas. A aposta desta abordagem antropológica está no entendimento e produção de conhecimento sobre relações de consumo e sobre as pessoas de uma forma holista e verdadeira. A crença está na concepção de projetos que somam teoria e prática com capacidade analítica e síntese, sem academicismos e com muita aplicabilidade fomentando o business intelligence.

 

 

➥ Consultoria Antropológica (Diferenciais):

 

Consultoria de Antropologia Corporativa – Um novo profissional para uma nova realidade

Objetivo: Desenvolvimento de Antropologia sistêmica aplicada às organizações para ampliar e compartilhar entendimentos de todos os agentes acerca do meio que vivem, das relações e dos produtos e serviços ali inseridos.

Como: O antropólogo corporativo cumpre uma nova função no Brasil. Através da sua consultoria que primeiro entenderá a dinâmica organizacional e cultural da empresa e dos seus produtos e serviços, o profissional irá mergulhar no universo do target para dar fundamento às suas contribuições.

Trabalhará dando suporte a área de marketing, comunicação, P&D, pesquisa e inteligência de mercado a partir de uma formação acadêmica já desenvolvida e que fortalecerá propostas para concorrências e entregas para o cliente (empresas). É o profissional multifuncional que trabalha desde a ideação até o monitoramento e avaliação de ações e processos de trabalho. Projetos de médio e longo prazo envolvendo capacitação de equipe, brainstorming, ideação e monitoramento avaliativo do que já foi realizado para tangibilizar de forma qualitativa os resultados obtidos.

 

Consultoria de Humanização – Projeto de imersão social

Objetivo: Aprender a olhar pessoas de verdade, sem encenação, sem truque e sem discurso.

Como: Capacitação das empresas e suas equipes através de um Laboratório Antropológico co-criativo para o desenvolvimento de conhecimento sobre as pessoas (clientes) de forma conjunta. O processo é pautado em criatividade e imersão sociocultural baseados na era do Marketing do Espírito Humano.

Através de estímulos e aprendizados reais, visamos promover e sensibilizar relações empáticas para o entendimento das necessidades, valores e práticas das pessoas. O processo pode ser desde um workshop criativo para engajamento através de fluxos de conversação com demonstrações empíricas a uma vivência in lócuo onde o lema é saia do ar condicionado e coloque o pé na rua, tudo isso mediado pelo antropólogo-etnógrafo. Os projetos são customizados, orgânicos e construídos junto das empresas e profissionais.

 

 

➥ Pesquisas Qualitativas (Diferenciais):

 

Investigação Human to Human – A solução está no olho no olho

Objetivo: Desenvolvimento de conhecimento aprofundado (consumidores, marcas, cultura empresarial etc) a partir da pesquisa etnográfica e observação participante. O caminho está na união da pesquisa empírica com aporte teórico antropológico.

Como: A maior contribuição que a Antropologia poderia dar ao mundo corporativo é a sua metodologia de pesquisa e repertório teórico. Através da metodologia busca-se o entendimento e a tradução de como as pessoas são (e agem) a partir de experiências vividas, ou seja, sua história. A “invasão de cenários” possibilita a construção de diagnósticos sociais baseados em um mergulho na vida cotidiana (curto, médio e longo prazos).

O segredo é “estar lá”, de dentro, de perto e de verdade. A partir de uma Abordagem Empática e o estabelecimento de vínculos de confiança com as pessoas (clientes, consumidores, usuários) conseguimos entrar na intimidade dos indivíduos criando um conhecimento rico. A investigação Human to Human entrega o desenvolvimento de uma pesquisa mais prolongada que as metodologias de pesquisas vigentes, garantindo maior profundidade analítica.

 

Pesquisa Express – Consumer Insights

Objetivo: Construção de diagnósticos de cenários através de pesquisa exploratória

Como: Através de uma ponte entre pessoas e empresa busca-se construir um canal direto entre o que as pessoas fazem/dizem/pensam/ sentem com a marca, um produto, um serviço etc. Desenvolvimento de reports e pesquisas rápidas exploratórias que cumprem esta função: trazer pra dentro do escritório o que acontece na vida real em curto espaço de tempo. Dinamismo, rapidez e capacidade de pensamento projetivo são elementos deste tipo de pesquisa. Pesquisa exploratória de um, dois, três e até uma semana, no máximo. É o famoso: Corre, pergunta, escreve e entrega.

 

Estudos da RUA – Os sinais do futuro estão no presente

Objetivo: Desenvolvimento de reports (deskresearch, entrevistas e pesquisa in lócuo) procura-se entender expressões culturais, sociais e econômicas. A partir do entendimento de cenários do presente busca-se captar e prospectar sinais futuros.

Como: Estudos comportamentais das manifestações sociais e culturais que buscam traduzir a cultura e sua relação com o espaço/tempo. Através do reconhecimento da diversidade de expressões sociais em seus detalhes, podemos captar vestígios de novas dinâmicas no campo do consumo e cultura.

Desta maneira, pode-se apostar na construção de saberes mais assertivos para criação de oportunidades inovadoras. Para isso vetores como artes, gastronomia, cinema, movimentos culturais, música, hábitos de compra, historicidade e contexto histórico, arquitetura, moda são alguns dos elementos captados e estudados formando um grande painel conjuntural para sintonizar os códigos das tendências. O que a rua já te disse hoje?

 

Pesquisa com vídeos etnográficos – O Olhar muito além da superfície

Objetivo: Produzir conteúdo audiovisual com linguagem etnográfica durante a pesquisa antropológica. O resultado final são documentários de curta duração, no qual o cliente pode visualizar a pesquisa feita em campo de uma maneira extremamente viva, cheia de insights e de forma rápida, eficiente e produtiva. Os vídeos também podem ser elaborados de forma customizada para atender a necessidade específica do cliente.

Como: O diferencial desse trabalho é a produção audiovisual feita a partir da antropologia visual, que aprofunda o olhar e mostra além do que costumamos ver na superfície. Dessa maneira, evitamos cair em padrões já conhecidos e estabelecidos, fugindo de estereótipos e olhares “viciados” pela mesmice. Nossa paixão é revelar o novo, o não visto e, assim, antecipar tendências. Sob a direção da documentarista e videomaker, Juliana Radler, que acompanha a antropóloga Hilaine Yaccoub em campo, os vídeos prezam pelo cuidado técnico e estético, agregando ainda mais conteúdo e originalidade à pesquisa antropológica coordenada por Hilaine.

 

Pesquisas Customizadas – A tradição e a Inovação caminham juntas

Pesquisas co-criadas. Realizamos pesquisas customizadas através de um mix de metodologias e técnicas, seja através de grupos focais tradicionais ou grupo de discussão em locais que possam deixar os participantes mais à vontade. Realizamos home visit, entrevistas em profundidade, pesquisa etnográfica, invasão de cenários com observação direta ou participante. A entrega sempre terá como resultado a visão antropológica, o conhecimento aprofundado a partir da empiria e do aporte teórico sem academicismos.